20/07/2022

Endometriose: entenda o que é a doença revelada pela cantora Anitta

Anitta e outras celebridades já afirmaram publicamente ter endometriose e contaram como a doença pode causar fortes dores e prejudicar a fertilidade. Entenda o que é, os sintomas e os tratamentos.

 

Nos últimos anos, personalidades de todo o mundo têm vindo à público e revelado detalhes sobre a saúde, inclusive a saúde íntima. Essas francas e sinceras conversas discutem, muitas vezes, temas antes considerados ‘tabu’, ainda pouco conhecidos do grande público. Ajudam, dessa forma, a alertar milhões de pessoas sobre cuidados com o próprio corpo. Na última semana, o assunto da vez foi a endometriose.

Em uma série de tweets recentes, a cantora Anitta revelou que sente fortes dores na região pélvica há pelo menos 09 anos e precisará de cirurgia. O motivo? A endometriose.

Pesquisem, galera. A endometriose é muito comum entre as mulheres. Tem vários efeitos colaterais, em cada corpo de um jeito. Podem se estender até a bexiga e causar dores terríveis ao urinar. Existem vários tratamentos. O meu terá que ser cirurgia”, escreveu a cantora.

 

ENDOMETRIOSE: O QUE É?

O endométrio é a camada mais interna do útero, aquela que descama na menstruação.

Blog Hospital Vera Cruz - Endometriose - O Endometrio imagem

A endometriose é a presença de tecido endometrial fora do útero, em outras regiões da pelve e abdome, como trompas, ovários, ligamentos, intestino, bexiga etc. Ainda não se sabe ao certo a causa da endometriose ou como ela ocorre.

Mesmo estando fora do útero, esse tecido ‘age’ como se fosse o endométrio uterino. Ou seja, durante o ciclo menstrual ele engrossa, se quebra e sangra (só que, como explicado, isso acaba ocorrendo em partes do corpo que não estão ‘preparadas’ para isso). Como acontece com quase todas as coisas que estão em locais em que não deveriam estar, esta presença anômala de tecido pode trazer graves consequências, sendo a dor a principal delas.

 

 

SINTOMAS DA ENDOMETRIOSE

Algumas pessoas com endometriose não apresentam qualquer sintoma. Mas a dor pélvica é um dos sinais mais marcantes para que tem a doença. A intensidade varia bastante de pessoa para pessoa.

Hospital Vera Cruz - Blog - Endometriose - dor pelvica

No geral, dentre os sintomas da endometriose, podemos encontrar:

  • Dor pélvica antes ou durante o período menstrual
  • Dor durante ou depois a relação sexual
  • Alterações para urinar ou evacuar, principalmente durante o período menstrual

Vale notar que os sintomas nem sempre aparecem de forma grave ou de uma vez só. Muitas mulheres passam vários anos sentindo leves incômodos na região pélvica, descobrindo apenas tempos depois que estavam com endometriose. Por isso, conversar com sua ginecologista sobre qualquer dor, mesmo as mais leves, é importantíssimo para um diagnóstico precoce.

Outro ponto importante: apesar da endometriose não impedir uma gravidez, ela pode dificultar o processo, já que influencia na saúde dos órgãos internos femininos. Segundo estudos, cerca de 40% das mulheres com dificuldade em engravidar têm endometriose. Hoje em dia, porém, já existem diversos tratamentos e estratégias para driblar a doença e possibilitar a gestação.

 

 

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO DA ENDOMETRIOSE?

O médico irá pensar na endometriose baseado nos sintomas da paciente e no exame físico. Exames adicionais de imagens, como a ressonância magnética (o exame que detectou a endometriose da Anitta) e o ultrassom transvaginal (com preparo adequado), podem reforçar essa suspeita diagnóstica, encaminhando a paciente para o tratamento clínico ou cirúrgico.

Estima-se que a doença não cause sintomas agudos em até 20% das mulheres. Assim, muitas vezes, pequenas dores ou desconfortos acabam não sendo relatadas à ginecologista, atrasando o diagnóstico e o início dos tratamentos.

 

 

E COMO A ENDOMETRIOSE É TRATADA?

Hospital Vera Cruz - Blog - Endometriose - tratamentos para endometriose

Uma vez identificada, a endometriose é tratada caso a caso, de acordo com o grau de severidade e as intenções da paciente.

Os tratamentos podem ser dos mais simples – como fisioterapia, analgésicos, anticoncepcionais e hormônios para interromper o ciclo menstrual – até os mais complexos, que envolvem cirurgia. Neste caso, lesões causadas pela doença – ou até mesmo o útero inteiro – podem ser removidos. Por isso, o alinhamento entre tratamento médico e as vontades da paciente é fundamental.

No geral, a adoção de medidas que impeçam a menstruação é a estratégia mais utilizada contra a doença. Isso porque, como vimos acima, a endometriose tem tudo a ver com o ciclo menstrual. Esses tratamentos são interrompidos quando se pretende engravidar, sendo retomados após o parto.

 

 

CELEBRIDADES COM ENDOMETRIOSE

Além da Anitta, outras celebridades já revelaram que têm endometriose, alertando os fãs sobre os sintomas e explicando quais tratamentos receberam. Veja a seguir alguns exemplos:

 

Susan Sarandon

A atriz norte-americana revelou que passou anos sofrendo com sangramentos e desmaios até ser corretamente diagnosticada. Mesmo antes do diagnóstico, engravidou e teve 03 filhos, o que ela considera que a torna “uma das sortudas”.

Em um evento sobre endometriose em 2016, Susan afirmou que os sofrimentos que a doença provoca ‘não são parte de ser uma mulher’, e que muito pode ser feito para aliviar as dores. Conscientização sobre a doença é o primeiro passo para a cura, afirmou.

 

Wanessa Camargo

A atriz e cantora contou que descobriu a endometriose após 04 anos de fortes dores abdominais e cólicas severas. A solução veio após o diagnóstico e uma laparoscopia, que inclusive ajudou-a a engravidar, segundo conta.

 

Emma Bunton 

A integrante das Spice Girls foi diagnosticada quando tinha apenas 25 anos. O que mais a assustou, na época, foi quando seu médico afirmou que mulheres com endometriose tinham chances menores de engravidar. Ainda assim, ela venceu a doença e teve 02 filhos.

Diversas outras celebridades, nacionais e internacionais, já revelaram ter endometriose, como Adriana Esteves, Malu Mader, Larissa Manoela e até mesmo Marylin Monroe.

 

 

PARA CONCLUIR…

Saber o que é a endometriose, quais são os sintomas e que há tratamentos para a doença pode ajudar milhões de mulheres a ficar mais atentas sobre os sinais do próprio corpo e a procurar ajuda médica sempre que perceberem algo de diferente – uma dor fora do lugar, um desconforto fora de hora, ciclos menstruais diferentes do normal.

Como afirmou Anitta em uma entrevista recente, informar-se é o primeiro passo para uma vida mais saudável:

É sempre uma culpa na gente, é sempre a gente está fazendo alguma coisa errada. Aí eu falei: ‘Vou falar isso publicamente, porque hoje tudo que eu falo tem um alcance muito grande’. Se eu puder de alguma maneira alcançar mulheres que estão na mesma situação que eu ou no início. E depois que falei veio um monte de gente, falar comigo. Então, a minha vontade era só de trazer uma melhoria para as mulheres no geral, entendeu? Mais informação para que as coisas mudem”.

 

Imagem da cantora Anitta: por Teca Lamboglia, utilizada sob licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Twitter
Newsletter
Newsletter

Assine nossa newsletter

Assine a nossa newsletter para promoções especiais e atualizações interessantes.


    Política de privacidade